Patologia | Outras
Refluxo Gastroesofágico e seu Tratamento
Por Francine Prass Hatem. Visualizada 74276 vezes.

Os objetivos do tratamento são controlar os sintomas, acelerar a cura a qualquer dano, e diminuir a recorrência e as complicações.
As três fases do tratamento são:
(1) Adequação da maneira de viver;
(2) Medicação;
(3) Cirurgia.
Na maioria das vezes, as fazes 1 e 2 são tão eficazes que a fase 3 não é necessária.

FASE 1 – Adequação da maneira de viver

A maioria das pessoas com doença de refluxo podem ser eficazmente tratadas com uma combinação de adequação na maioria de viver e antiácidos. Independente de outros métodos de tratamento, a adequação na maneira de viver, talvez seja o mais importante. É uma das coisas que só você pode fazer para que você mesmo se sinta melhor.
Além de tomar antiácidos, orientado por seu médico, é necessário fazer ajustes na sua dieta, para a fase 1 do tratamento. Você deverá se alimentar com pequenas quantidades de alimentos ricos em proteínas e pobres em gorduras. É melhor comer em intervalos iguais e não comer nada duas horas antes de dormir. Os alimentos a serem evitados incluem chocolate, hortelã, álcool, cafeína, frutas cítricas, leite integral e produtos e base de tomate.
Também foi demonstrado que perder peso tem um efeito importante na redução dos sintomas da esofagite de refluxo, uma vez que diminui a pressão sobre o abdômen. Evitar roupas muito apertadas e atividades que aumentem a pressão sobre o abdômen. Conjuntamente, o fumo também dever ser evitado.
A elevação da cabeceira da cama de 10 a 15 cm, mostrou reduzir a quantidade de ácido que reflue para o esôfago. O ideal é colocar tijolos em baixo dos pés da cabeceira da cama ao invés de aumentar o número de travesseiros sob sua cabeça, porque com os travesseiros você pode mudar de posição durante a noite, ou usar uma espuma em forma de cunha pois dessa maneira a(o) parceira(o) conjugal nãp seria incomodada(o).
Alguns medicamentos podem piorar os sintomas da doença de refluxo. Informe seu médico sobre qualquer medicação que você esteja tomando. Ele pode determinar se os medicamentos podem causar problemas.

FASE 2 – Medicamento

A fase 2 de tratamento é o próximo passo para os indivíduos que não respondem às adequações na maneira de viver e ao uso de antiácidos. Seu médico pode prescrever um antagonista de receptor H2, Tais medicamentos ajudam a reduzir a quantidade de ácido liberada, causando menos irritação. É importante que você siga todas as instruções de doses e continue a tomar a medicação prescrita como indicada, mesmo que você se sinta melhor em um ou dois dias.

FASE 3 – Cirurgia

Independente das fases 1 e 2 poderem ser muito eficazes no tratamento da doença de refluxo, aproximadamente 5 a 10% dos pacientes em condições muito graves eventualmente requerem cirurgia. A fase 3 do tratamento dever ser considerada quando a terapia com medicamentos falha em reduzir os sintomas, quando há necessidade de se evitar complicações tais como hemorragia, ou quando a doença de refluxo contribui para uma doença pulmonar.

Texto enviado por: DAYANA MONTEIRO

» Cálcio e Fósforo no Transplante Renal
» Proteínas, Açúcar e Gorduras na dieta de pacientes renais transplan...
» Esôfago e Estômago
» Como evitar a constipação (prisão de ventre)
» Causa - Esôfago de Barrett


Comentários
Atenção: Este espaço deve ser usado apenas para comentários, para perguntas utilize o formulário do link Fale Conosco.

Nome
E-mail (não será divulgado)

Comentário

* Todos os campos são obrigatórios

Nenhum comentário foi enviado ainda, seja o primeiro...

Caumaq - Móveis e Equipamentos Hospitalares

Eventos | Fale Conosco | Links | Login | Newsletter | Notícias | Política de Privacidade | Top 10
Todos os direitos reservados. A cópia de parte dos textos é permitida, desde que cite a origem.
Desenvolvido por FP2 Tecnologia